Lusotopia

lusotopie_2003.jpg A Lusotopia é muito mais do que o património definido como lusófono, ou de português falado. A Lusotopia estende-se também aos espaços onde os portugueses já não mandam bocas! Ou se as mandam, os coitadinhos já não são ouvidos, embora sejam lembrados, e ainda com saudades e por outras razões! Clique na imagem para saber como, onde  e porque!


5 pensamentos sobre “Lusotopia

  1. Caro Professor,
    Estou a tomar contacto, pela primeira vez, com o Site que, espero, seja um ponto de união entre todos nós.
    Farei o melhor para prestar a minha colaboração.
    José M. Mendes

  2. Gostaria que me comentasse a citaçaõ que escreveu: “Lusotopia estende-se também aos espaços onde os portugueses já não mandam bocas! Ou se mandam, os coitadinhos já não são ouvidos”

    Que espaços são estes?

  3. O grande mal da lusofonia foi a subalternização das culturas tradicionais nas colónias, em Goa por exemplo. Foi notável a incapacidade ou o desinteresse dos portugueses num diálogo de reciprocidade cultural. No primeiro século de colonização, e quando era indispensável para a penetração missionária, houve manifestações exímias de aprendizagem da línguas vernáculas. Mas já nos meados do século XVII iniciou-se uma política de imposição da língua colonial e uma guerra à língua vernácula. Mesmo isso seria tolerado, se os goeses pudessem ganhar a sua vida com a lusofonia e se não tivessem que ir buscar o sustento na Índia britânica e noutras colónias inglesas. Esse descontentamento continua profundamente registado na alma goesa através de variadas expressões do quotidiano na língua Concani. Daí a resistência cultural à lusofonia em Goa. Devemos juntar ao nosso interesse pela promoção da língua portuguesa uma empatia pela experiência colonial vivida pela grande maioria dos goeses, incluindo a sua população cristã, durante os séculos da presença colonial portuguesa em Goa.

    Para ler mais –> http://ciberduvidas.sapo.pt/lusofonias.php
    e também -> http://ciberduvidas.sapo.pt/lusofonias.php?rid=956

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s