MIL – Movimento Internacional Lusófono

PETIÇÃO À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EM PROL DE UMA MAIS RÁPIDA IMPLEMENTAÇÃO DO ACORDO ORTOGRÁFICO.

No princípio de Março deste ano (2008), o Governo Português aprovou, finalmente, em Conselho de Ministros, uma proposta de resolução do Protocolo Modificativo do Acordo Ortográfico.

A nosso ver, contudo, a proposta pretende consagrar um período demasiado longo para a entrada em vigor do Acordo – seis anos. Recordamos que a grande reforma ortográfica de 1911 teve um período legal de adaptação de três anos, numa época em que não havia a tecnologia que há hoje.

A recente iniciativa de uma Editora, com o lançamento de Dicionários de Língua Portuguesa já obedecendo às regras do Acordo Ortográfico, bem como a posição de várias entidades, entre as quais a Universidade Lusófona – que pretende editar as suas 14 revistas com a nova ortografia até final de 2008 –, demonstram que podemos ambicionar um período de transição mais curto.

Assim sendo, e dado que essa Proposta de Resolução terá ainda que ser apreciada em sede parlamentar, exortamos a Assembleia da República a aprovar um período legal de adaptação de três anos, no máximo.

A nosso ver, o Acordo Ortográfico é um instrumento fundamental para uma mais forte e fraterna relação entre todos os países lusófonos – desde logo, para todos os projectos de intercâmbio de professores, que doravante terão a segurança de haver apenas uma ortografia para todo o espaço lusófono. E para uma mais clara relação dos países lusófonos, no seu conjunto, com o resto do mundo – nos fóruns internacionais, como na ONU, os documentos oficiais não terão que ser mais traduzidos para as duas variantes da língua lusa, como acontece até agora.

MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO
Comissão Coordenadora


Nota de apresentação: O MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO é um movimento cultural e cívico recentemente criado, em associação com a NOVA ÁGUIA: REVISTA DE CULTURA PARA O SÉCULO XXI, projecto que conta já com cerca de meio milhar de adesões, de todos os países lusófonos.
A Comissão Coordenadora é presidida pelo Professor Doutor Paulo Borges (Universidade de Lisboa), Presidente da Associação Agostinho da Silva (sede do MIL).
A lista de adesões é pública – como se pode confirmar no nosso blogue (
novaaguia.blogspot.com), são pessoas das mais diversas orientações culturais, políticas e religiosas, pessoas dos mais diferentes locais do país e de fora dele.

Se concorda com esta Petição, pedimos-lhe que a subscreva:
http://www.gopetition.com/online/17740.html
Se concorda com esta Petição, pedimos-lhe ainda que a publicite.


Se quiser aderir ao MIL, basta enviar um mail: adesao@movimentolusofono.org
Indicar: nome, e-mail e área de residência.

3 pensamentos sobre “MIL – Movimento Internacional Lusófono

  1. Há dias no jornal Público Vasco Graça Moura mostrava-se dissatisfeito com a decisão apoiada pelo Presidente Cavaco Silva. Convocado pela Assembleia da República a dar a sua opinião, promete pedir a extensão dos 6 anos para 10 anos. Qual a razão? Para dar tempo suficiente para se esquecer do Acordo! Que grande cinismo!
    Não será que os portugueses como VGM estão preocupados que os brasileiros lhes levem a palma e com a sua capacidade de empreendedorismo e capitais venham a ser os únicos a fazerem as traduções nos foruns internacionais? Nisto e na produção editorial / livreira também os portugueses vão ter que enfrentar uma séria concorrência! Não dizemos com muito orgulho que fomos nós através dos Descobrimentos que inciamos a globalização? Agora temos que saber sustentá-la em nosso favor!

  2. Todas as tentativas para protelar a implementação do Acordo Ortográfico constituem, a meu ver, marcas de provincianismo e correspondem a uma visão patrimonialista da língua que não faz sentido. De facto, a língua não pertence apenas a quem a inventa, mas a quem a fala.
    Aconselho, passe a imodéstia, os pretensos puristas da língua a estarem atentos à publicação do meu novo livro. Tenho esperança que compreendam todo o processo e percebam a inevitabilidade e importância do Acordo para a afirmação da Lusofonia

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s