AMBOT’TIK – Um prato luso-indiano de Goa

Vai nesse link acima uma receita apresentada na revista Pública de hoje pelo chef Sebastião Fernandes do restaurante da Casa de Goa, em Lisboa. É um prato indo-português, de sabor ácido-picante (ambot+tik em Konkani, língua oficial de Goa e língua-mãe dos goeses) e muito apreciado pelos goeses. Utilizamos a letra «k» antecipando as regalias do novo acordo ortográfico e para o prato não perder o seu sabor original ! A cozinha vegetariana indiana nunca utiliza o vinagre, por ser um produto fermentado e consequentemente considerado não-vegetariano. Os mesmos efeitos são conseguidos utilizando limão e tamarindo. Os pratos indo-portugueses já não respeitam esta norma tradicional, e na preparação de Ambot’tik o peixe cação é regado com vinagre, antes de se lhe juntar o molho com creme de tamarindo e outros ingredientes.
Fica aqui um conselho prático aos portugueses apreciadores da cozinha goesa, ou indiana em geral. Nunca esquecer juntar um iogurte natural ao fim da refeição. É única maneira de não saírem com o picante a facilitar-lhes a digestão a mais!  É um aviso aos não habitués.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s