O “NASCIMENTO” DA CÉLULA: UMA VISITA GUIADA ATRAVÉS DO MICROSCÓPIO

         

 Exmo(a). Senhor(a),  

O Serviço de Ciência da Fundação Calouste Gulbenkian, em colaboração com a Ciência Viva, realiza no Auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian   (Av. de Berna, 45 A) a conferência   – O “NASCIMENTO” DA CÉLULA: UMA VISITA GUIADA ATRAVÉS DO MICROSCÓPIO  que terá lugar no dia 16 de Abril p.f., às 18h00, e será proferida pelo Prof. Hélder Maiato,  do Instituto de Biologia Molecular e Celular, Universidade do Porto.  Teríamos muito gosto em que estivesse presente nesta iniciativa.

Segue o texto introdutório do Prof. João Caraça, Director do Serviço de Ciência:

 

Na Fronteira da Ciência

 

A ciência dedica-se ao estudo dos fenómenos da natureza e das suas interacções. Sendo o universo infinito, o processo de o apreendermos, acompanhando o progresso da ciência, não pode parar nem retroceder. A fronteira pula e avança. 

Mas a ciência é também um poderoso veículo da cultura das sociedades contemporâneas e do exercício da cidadania. Por este motivo, torna-se necessário que cada vez se faça mais investigação e em melhores condições. O conhecimento científico está na base do espírito crítico, da atitude participativa, da verificação sistemática das condições do funcionamento da realidade de todos os dias. 

A democracia é o único regime político que permite questionar livremente a relação da ciência com a sociedade. Ciência e democracia estão, pois, indissoluvelmente ligadas. Importa assim que todos compreendam os desafios e as perspectivas novas que decorrem das actividades na fronteira da ciência. Essas percepções são um poderoso indicador das oportunidades bem como das dificuldades com que se depara a nossa sociedade. 

A leitura que fazemos do presente com vista ao futuro é a utopia que se tornará realidade no intervalo de uma geração. Torna-se assim tão importante falar sobre a ciência como fazer investigação na sua fronteira. É este encontro entre a ciência e os cidadãos que é fundamental promover. Para que as suas implicações sejam claras para todos – e para que o gosto pela aventura e pela descoberta perdure como aspiração colectiva. 

João Caraça

 

 

 

O currículo do Prof. Hélder Maiato:

 

 Professor Auxiliar Convidado no Departamento de Biologia Celular da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e Investigador Auxiliar e Responsável pelo Laboratório de Dinâmica e Instabilidade Cromossómica no Instituto de Biologia Molecular e Celular da Universidade do Porto. Natural de Matosinhos, nasceu em 29 de Fevereiro de 1976, licenciou-se em Bioquímica na Universidade do Porto e fez parte do sexto Programa Gulbenkian de Doutoramento em Biologia e Medicina, o que o levou a passar pela Universidade de Edimburgo no Reino Unido para estudar a divisão celular e a doutorar-se em Ciências Biomédicas pelo Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar (ICBAS), Porto.  

Resumo  da sua conferência:

O universo do infinitamente pequeno tem fascinado várias gerações de cientistas desde o século XVII. O maior desafio tem sido conseguir vencer as limitações físicas impostas pelo uso do microscópio, o que tem vindo a ser ultrapassado através de equipamento e de tecnologia cada vez mais sofisticados. Nesta conferência farei uma pequena viagem pelo tempo onde ilustrarei os avanços tecnológicos desde o aparecimento do primeiro microscópio até aos dias de hoje. Para tal, iremos assistir àquilo que chamei de “nascimento” da célula, o momento em que uma célula “nasce” a partir de outra pré-existente, e tentar perceber como o progresso na fronteira das ciências da vida permitiu ao Homem ver como a “maquinaria” celular executa todo este processo na perfeição.

 Poderá também assistir em directo através do site: http://live.fccn.pt/fcg/  e enviar as suas questões  (fronteiradaciencia@gulbenkian.pt) que o orador responderá no final da sessão.

 Com os melhores cumprimentos. 

 Rita Rebelo de Andrade

Serviço de Ciência

mail – randrade@gulbenkian.pt

Tel. (00351) 21782 3525 /Fax (00351) 21782 3019

 

 

 

 

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s