Evocando Pe. António Vieira

Quatro séculos depois…

Nunca é tarde para homenagear um herói!

A obra prevalece e na História a sua memória permanece. Quando se trata de um ilustre personagem o povo nunca se esquece.

A OBRA DE ANTÓNIO VIEIRA

António Vieira, seu nome consta na História, registo que o enaltece.

Passados quatro séculos, a memória não o esquece.

Nascido em 1608, junto à Sé de Lisboa, primava pelo fervor.

No Brasil e em Portugal falou ao povo, como humilde pregador.

Com os Jesuítas estudou os Profetas, obra do seu interesse.

Por circunstâncias familiares chegou a terras da Baía,

onde encontrou uma cidade em expansão, sem fé nem alegria.

Viu escravos desnutridos, carregando como “bestas”,

às ordens dos capatazes ouviam palavras grotescas.

Vieira, ajuda os índios desprotegidos a sair desta agonia.

Quando já mestre no latim, detêm-se, procurando reflexão.

Para ele, o mundo não podia ser assim e intenta nova acção.

Através da missionação, promove outros valores,

intervindo com convicção. Contudo, surgem povos invasores

e, em 1624, com a investida dos Holandeses, refugia-se no sertão.

Ao lado dos Portugueses luta contra o invasor.

Mas, pela História de Portugal, D. João IV já é Rei e Senhor.

No Brasil, D. Jorge de Mascarenhas, então o vice-rei,

recebeu a notícia com fulgor e a deu em nome da lei.

Em Lisboa ou no Brasil, junto ao reino, Vieira é o pregador.

Nazaré Cunha 26-5-2008

Um pensamento sobre “Evocando Pe. António Vieira

  1. Sempre admirei o grande orador Jesuita, Padre António Vieira. Nasceu em 6 de fevereiro de 1608 e faleceu em 18 de julho de 1697. Ele foi escritor e orador.Foi missionário dem terras brasileiras. Defendeu incansàvelmente os direitos humanos dos povos indígenas. Combateu a sua exploracão e escravização. Ele também defendeu os judeus. Trabalhou por abolir a escravatura. Foi missionário no Maranhão e no Grão-Pará (Brasil), sempre defendendo a liberdade dos índios. Publicou os seus Sermões em dezasseis volumes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s