O Siquismo é Ameaçador?


Quando estive em Bombaim em Maio de 1971, encontrei-me com um jovem da religião sique, e amiguei-me dele. Mas já não tenho contacto com ele. A minha impressão foi boa: ele era jovem pacato. Só, dizia-lhe eu, tenho receio da espada (dagger) que ele tinha nos seus cabelos.

Quando fiz os meus estudos de Sociologia na Universidade de Mysore, estudei o que era Siquismo.

Eis um resumo:

O siquismo (ou sikhismo) é uma religião monoteista fundada em fins do século XV no Punjab pelo Guru Nanak (1469-1539). Contém alguns elementos do hinduísmo e do islamismo, mas tem a sua originalidade. O termo sikh significa em língua Punjabi “discípulo forte e tenaz“. A doutrina básica do sikhismo consiste na crença em um único Deus e nos ensinamentos dos Dez Gurus do sikhismo, recolhidos no livro sagrado dos sikhs, o Guru Granth Sahib.

Para o sikhismo, Deus é eterno e sem forma, sendo impossível captá-lo em toda a sua essência. Ele foi o criador do mundo e dos seres humanos e deve ser alvo de devoção e de amor por parte dos humanos.

O sikhismo ensina que os seres humanos estão separados de Deus devido ao egocentrismo que os caracteriza. Esse egocentrismo faz com que os seres humanos permaneçam presos no ciclo dos renascimentos (samsara) e não alcancem a libertação, que no sikhismo é entendida como a união com Deus. Os sikhs acreditam no karma, segundo o qual as acções positivas geram frutos positivos e permitem alcançar uma vida melhor e o progresso espiritual; a prática de acções negativas leva à infelicidade e ao renascer em formas consideradas inferiores, como em forma de planta ou de animal.

Deus revela-se aos homens através da sua graça, permitindo a estes alcançar a salvação e a solidariedade humana. Após a morte do Guru Nanak sucederam-se nove gurus. Cada um deles contribuiu para a consolidação da religião e da identidade sikh. O varao sikh tem barba e turbante, enquanto a mulher traz o lenço (purdah) sobre o rosto.

O número de sikhs no mundo é estimado em cerca de 23 milhões, o que fará do sikhismo a quinta maior religião mundial em número de aderentes. É estimado que 19 milhões vivem na Índia, concentrados, em sua maioria, no estado do Punjab.


**Estes dias não pude escrever para as Folhas da História, porque um relâmpago caiu sobre a torre da Igreja do Espírito Santo de Margão, Goa, e destruiu o meu módem (router).
Recomeço agora.

Dr.Ivo da C.e Sousa

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s