Nazi-gate: a facilidade com que os média mentem!

Há uns dias um grupo de jornalistas sediados em Goa e cansados do comportamento dos meios de comunicação que durante últimos meses têm explorado de maneira que acharam nojenta alguns casos de mortes de jovens turistas estrangeiras e nacionais nas praias de Goa, decidiram brincar um bocado com esses meios de comunicação e expôr as suas fragilidades e falta de credibilidade. No processo apanharam peixe de tamanhos nacional e internacional!

Este grupo de jornalistas mantém um blogue intitulado Penpricks (picadas da caneta)  em que contam em pormenor a maneira como planearam e executaram o seu projecto genial de caça aos média irresponsáveis! Falaram ao telefone com editores de um dos jornais locais com um forte acento teutónico, identificando-se como agente da secreta alemã que tinham descoberto e detido em colaboração com a polícia indiana em 27 do mês passado numa zona florestal fonteiriça entre Goa e o Estado vizinho de Karanataka um velho alemão Nazi a tentar traficar clandestinamente um piano antigo do século XVIII. Contaram que o coronel Nazi de fama Waffen SS, de 88 anos de idade, era procurado pela Interpol pela sua colaboração no campo de concentração Marasha Tikash Whannab (na zona de Berlim Oriental)  em 1942, onde participara no holocausto de 12,000 judeus. Chamava-se Johann Christian Bach. O que o denunciou foi a publicidade que colocou num diário de Belgaum (no estado vizinho), anunciando que tinha para venda um piano antigo. Tinha-se realmente noticiado nos anos pós-guerra como desaparecido um piano raro de um museu de Berlim.

Os jornais locais engoliram o engodo com uma sofreguidão incrível. Os jornais nacionais da Índia não quiseram deixar uma notícia de tanto interesse internacional somente aos pequenos jornais locais. As agências internacionais como Reuters e BBC também foram arrastados pela curiosidade.

Os últimos a rir são os jornalistas anónimos do blogue Penpricks. Tinham alcançado o seu objectivo! Os apanhados estão a tentar encontrar justificações mancas para se exculparem.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s