Estromatólitos -> oxigénio -> atmosfera ->vida…

Os estromatólitos, as bactérias primordiais do arqueano possibilitaram as condições para as formas da vida mais complexas.

A Origem de Vida

O aparecimento da vida na Terra foi precedido por um período de evolução química, por meio no qual moléculas orgânicas simples se agregaram gradualmente para formar macro-moléculas complexas, e posteriormente a primeira vida a partir disto. Os cientistas reivindicam poder repetir todas estas fases nos laboratórios, mas foram expressas dúvidas ocasionais.

Nós não sabemos quando a vida apareceu primeiramente na Terra. Os microorganismos fósseis mais antigos quanto as primeiras rochas sedimentares.

Na época que estes primeiros organismos apareceram não havia nenhum oxigênio livre, como há agora, mas uma “atmosfera” composta de metano, gás carbónico, e hidrogénio. A atmosfera da Terra não era muito diferente da atmosfera presente em Vénus.

Os microorganismos deste período utilizaram metano ou hidrogênio no lugar do oxigénio no metabolismo, estes então eram organismos de metabolismo anaeróbico. Fermentação é um exemplo moderno de metabolismo anaeróbico.

Os primeiros organismos eram “heterótrofos”, apenas tempos depois apareceram os organismo autótrofos.

O que os autótrofos fizeram foi o maior milagre que o nosso mundo viu. Eles se alimentavam de luz solar e produziam oxigénio a partir da fotossíntese. Sem eles, a continuação de vida teria sido impossível, pois foram os responsáveis principais da mudança da composição atmosférica para a atual. Na época estes seres eram formas extremamente primitiva de algas, similar as Algas azuis-verdes modernas.

Essas algas azuis-verdes cresceriam freqüentemente como grandes tapetes e formariam estruturas conhecidas como estromatólitos (existentes até hoje na Austrália).

Características Gerais

Se você pudesse viajar no tempo para visitar a Terra durante o arqueano, você provavelmente não a reconheceria.

A atmosfera era muito diferente daquela que nós respiramos hoje, ela era composta de metano, amônia, e de outros gases que seriam tóxicos a maioria da vida em nosso planeta hoje. Também nessa era, a crosta da terra esfriou e as rochas e placas continentais começaram a se formar.

Durante o arqueano que a vida apareceu primeiramente no mundo. Nossos fósseis mais antigos datam de aproximadamente 3,5 bilhões de anos e são constituídos de microfósseis e bactérias. De fato, toda a vida por mais de um bilhão anos era de bactérias. A ilustração acima são estromatólitos, colônias atuais que são encontradas na Austrália.

Coacervados e caldos nutritivos – moléculas orgânicas que formavam os caldos ao se agruparem formaram os coacervados e deles os seres vivos.

Atmosfera de gás carbônico – atmosfera ao qual se desenvolveu os primeiros seres vivos até os primeiros procariontes.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s