Madeira só tem “bons” professores

Alberto João Jardim recusou aceitar comissários políticos nas escolas da Madeira. Decretou a sua avaliação dos professores. São todos classificados com “Bom”,  e esta avaliação será válida durante o período de um ano, ou segundo afirmou, enquanto não acabem as “palhaçadas” do governo da metrópole! Um palhaço que reconhece o outro palhaço?

Os comentaristas políticos do partido PS acham que a avaliação decretada por Dr. Alberto João Jardim é uma paródia, mas não conseguem admitir que é precisamente o que a política do governo de Sócrates neste sector convida! Procura-se avaliar os professores ou atrelar os professores? Uma estratégia politica de reduzir os professores a caninos submissos de um nacional-socialismo socrático em construção?

Veremos se não acabam por ceder bem antes das eleições! Parece que o político-bombeiro do PS, António Costa, já está a preparar o caminho com algumas declarações que fez na televisão para apagar o fogo antes que este deflagre em incêndio de grandes proporções. Pena que os políticos nunca preferem morrer com o orgulho das suas convicções! Pior ainda, a política em Portugal tem-se tornado o melhor emprego auto-remunerado! Com a crise financeira a apertar promete ser a melhor saída profissional. Não é de surpreender que os cursos de Ciência Política nas Universidades estejam abarrotados. Poderá acabar com um novo escandalo sub-prime.

Clicar aqui para ouvir o Dr. Alberto João Jardim.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s