Desacatos do governo ou desacatos dos alunos?

O Presidente da República apelou à sociedade portuguesa contra os desacatos nas escolas, mas também apelou ao melhor comportamento de todos os agentes envolvidos no processo da educação. Pergunta-se se a actuação do governo é sempre “legal” e nunca se pode classificar como “desacato”.  Não  podemos presumir que um governo eleito democraticamente não age às vezes como ditador, particularmente quando não discute no parlamento uma situação que já se espalhou nas ruas em manifestos com mais de um milhar de pessoas responsáveis pela educação da nossa juventude. A acusação de os professores  instrumentalizarem  os alunos deve ser provada, e como afirma a direcção da FENPROF pode ser um caso para os tribunais. Um governo democrático deve agir democraticamente, ou seja, com sensibilidade para com a população. Não basta repetir que está a defender os interesses da nação. Também Hitler disse isso mesmo quando pediu a Bundesrat para aprovar a “Lei de Autorização” para garantir os interesses da nação! Sabemos os resultados. Basta reler a história!

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s