Municipalismo colonial e municipalismo nativo em Goa

Vai aqui para leitura um ensaio de investigação sobre esta temática para quem se interessa pelo assunto. Os manuscritos pertencentes ao Senado da Camara da cidade de Goa, pelo menos a partir de 1515, encontram-se bem conservados no Arquivo Histórico de Goa em Panjim, a cidade capital de Goa.  As estruturas da municipalidade eram controladas pelos *casados*, ou seja pelos portugueses brancos casados na Índia. Os naturais tinham as suas instituições autárquicas tradicionais, tanto ao nível das aldeias como ao nível dos distritos.  Os casados da cidade de Goa não se intrometeram nas aldeias durante todo o século XVI, ou enquanto o comércio marítimo era ainda rentável. Com a chegada dos ingleses e dos holandeses alterou-se a situação.  É a partir de então que os casados portugueses começam a violar as tradições das aldeias para adquirir terras nas zonas rurais. Começam então as fricções e resistências.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s