Fernão Mendes Pinto e S. Francisco Xavier

D. João III, rei de Portugal, soube acerca da nova Companhia de Jesus através do seu embaixador em Roma, D. Pedro Mascarenhas, bem como através de Diogo Gouveia, um célebre humanista português e reitor do colégio de Santa Barbara, onde Franciso Xavier e Inácio de Loiola estudaram para a sua licenciatura em Filosofia em Paris.

Francisco Xavier conheceu Fernão Mendes Pinto no Japão. Pediu-lhe ajuda monetária  para erigir uma igreja. Fernão Mendes Pinto foi profundamente influenciado por Francisco Xavier e entrou no Noviciado dos Jesuitas em Goa, para sair poucos anos depois.

É de notar que sendo castelhano / basco, Francisco Xavier via em Portugal uma porta aberta da Providência divina para levar o Cristianismo para a Ásia. Ameaçava os reis, incluindo D. João III, quando estes não colaboravam com o seu zelo missionário. Escreveu numa carta a D. João III em 26 de Janeiro de 1549 que os poderosos teriam os seus nomes eliminados do Livro da Vida, se não tivessem a peito a vontade divina e a sua obrigação de ajudar na expansão da fé e práticas cristãs. Lembrava ao rei que na hora da sua morte  (que chega mais cedo do que se pensa!) lhe seria tirado o reino para entrar no paraíso, que ele deveria merecer cumprindo as suas obrigações nesta vida.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s